O anúncio foi feito pelo governador em exercício Rodrigo Garcia, na tarde desta quarta-feira (22).

O Governo do Estado de São Paulo anunciou o cancelamento da concessão do Lote Litoral Paulista, que previa a instalação de praças de pedágio nas rodovias Mogi-Dutra e Mogi-Bertioga, além da entrega das vias à iniciativa privada, na tarde desta quarta-feira (22).

O edital publicado pela Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp), em 14 de maio deste ano, apontava a instalação de uma praça de pedágio com cobrança na ida e na volta na Mogi-Dutra, altura do km 40, e também na rodovia Mogi-Bertioga (SP 098), no trecho de Bertioga.

O anúncio do arquivamento do edital foi feito pelo governador em exercício, Rodrigo Garcia, em uma reunião no Palácio dos Bandeirantes.

“Depois de um permanente estudo do programa que foi apresentado no Lote Litoral, chegamos à conclusão de que ele não era adequado. Sempre falo que ninguém faz um programa de concessão para prejudicar a vida das pessoas, a intenção é sempre melhorar, portanto arquivamos esse projeto e não vai haver pedágio, mas, ao mesmo tempo, o governador anuncia que as obras serão realizadas e a população vai ser beneficiada”, explicou o governador em exercício.

Durante a reunião, Rodrigo Garcia anunciou que, além do arquivamento do Lote Litoral Paulista, o governo vai contratar em janeiro o projeto executivo para a realização de obras de duplicação na rodovia Rio-Santos, começando por Bertioga e vai atualizar os projetos da rodovia Mogi-Bertioga para realizar a obra.

Deixe um comentário