Poá assina contrato para retomar fornecimento de merenda em escolas municipais

Desde 7 de fevereiro as aulas foram retomadas, mas em parte das escolas com carga horária reduzida a duas ou três horas por dia. O pregão eletrônico foi aberto no sistema do governo no dia 6 de janeiro, às 14h06 mas a Prefeitura afirma que houve um problema jurídico e que investiga o caso.

A Prefeitura de Poá informou que assinou o contrato com a empresa responsável pelas merendeiras que atuarão nas escolas municipais nesta terça-feira (15). Com a formalização do contrato, segundo a administração municipal, está previsto para sexta-feira (18) o início dos trabalhos para preparar as refeições das crianças nos estabelecimentos de ensino e, consequentemente, a retomada em 100% da carga horária escolar para os alunos da rede municipal.

De acordo com a administração municipal, a redução da carga de aulas foi necessária por causa de um problema jurídico no edital de contratação. O valor total da licitação é de R$ 8,6 milhões e as ofertas das empresas não poderiam passar deste teto. O pregão eletrônico foi aberto no sistema do governo no dia 6 de janeiro, às 14h06.

A administração municipal informou ainda que “segue no intuito de esclarecer os fatos, uma vez que, desde o início da gestão tem trabalhado pautada na transparência e respeito com o dinheiro público e, desta forma, mesmo com a solução do problema, seguirá com a sindicância para apurar se houve e quais foram os problemas ocorridos no processo licitatório e, caso se comprove a existência de irregularidades, agirá conforme determina a lei, adotando todas as medidas cabíveis”.