Ministério da Saúde chama atenção sobre condutas de prevenção e combate ao suicídio

Ministério da Saúde chama atenção sobre condutas de prevenção e combate ao suicídio

Desde o lançamento da política, pasta já capacitou mais de 122 mil brasileiros.

Nesta terça-feira (26), dia em que a Política Nacional de Prevenção da Automutilação e do Suicídio do Brasil completa três anos desde a sua instituição, o Ministério da Saúde convida os brasileiros a participarem de mais um treinamento que vai dar orientações e mostrar condutas e abordagens para prevenir e combater o suicídio. Desde o lançamento da política, a pasta já capacitou mais de 122 mil brasileiros.

A iniciativa faz parte das Ações de Educomunicação em Saúde em Defesa da Vida, lançadas em setembro de 2020, que buscam qualificar multiplicadores, visando à prevenção e combate ao suicídio e à automutilação. O curso é direcionado para profissionais de saúde, educadores da rede pública e privada de ensino, profissionais dos conselhos tutelares, líderes de associações religiosas, corporações militares, entidades beneficentes e movimentos sociais.

As inscrições para as próximas turmas dos cursos vão até o dia 3 de julho através da plataforma UniverSUS Brasil. Basta clicar em “Entrar” e, em seguida, “Criar uma conta”, onde é necessário o preenchimento de algumas informações. Para confirmar a inscrição, o sistema enviará um link ao e-mail cadastrado. As capacitações serão em formato educação a distância, com carga horária de 20h (Automutilação) e 40h (Prevenção ao Suicídio).

A Política Nacional de Prevenção da Automutilação e do Suicídio foi instituída em 26 de abril de 2019 por meio da Lei nº 13.819. Desde então, o Ministério da Saúde atua com várias ações no âmbito da temática. Entre as iniciativas, estão os cursos de capacitação Prevenção da Automutilação e Prevenção ao Suicídio, disponibilizados pela Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES) do Ministério da Saúde.

Desde o lançamento das ofertas educacionais, até abril de 2022, já foram capacitadas mais de 122 mil pessoas e realizados 242 mil downloads das cartilhas sobre as temáticas.

Palestras

Ainda nesta temática, foram realizadas mais de 20 palestras das Ações Integradas de Educomunicação para prevenção ao Suicídio e à Automutilação em todas as regiões do País: Brasília-DF, Fortaleza-CE, Belo Horizonte-MG, Curitiba-PR, Salvador-BA, Rio de Janeiro-RJ, Juiz de Fora-MG, Boa Vista-RR, Belém-PA, Manaus-AM, São Paulo-SP, Campinas-SP, Recife-PE, Natal-RN, Porto Alegre-RS, Santa Maria-RS, Campo Grande-MS, Cuiabá-MT, com mobilização de autoridades, multiplicadores e imprensa.

Fonte: Ministério da Saúde

Veja mais notícias como esta em Brasil, Saúde e Bem-estar