Bar de Suzano é interditado após homem aparecer em vídeo matando e comendo cobra

Bar de Suzano é interditado após homem aparecer em vídeo matando e comendo cobra

De acordo com a Prefeitura, vídeo motivou denúncia e averiguação do espaço, que foi interditado por falta de alvará. Homem e dona do bar devem responder por crime ambiental.

Um bar foi interditado nesta segunda-feira (20), no Parque Residencial Samambaia, em Suzano. A ação foi motivada por uma denúncia, depois que um vídeo circulou na internet com imagens de um homem matando e ingerindo uma cobra no estabelecimento. Segundo a Prefeitura, os responsáveis pela ação ambiental serão conduzidos às autoridades para análise do caso.

De acordo com o Departamento de Fiscalização e Posturas, a equipe recebeu o vídeo por meio das redes sociais. Na gravação, o munícipe aparece cortando o animal silvestre em pedaços e comendo na frente de outros clientes. Um homem, que parece estar gravando o vídeo, o incentiva, enquanto outros dão risada ao fundo. 

Vídeo mostra cobra dentro de copo; em seguida, homem joga sal e limão no animal para comer — Foto: Reprodução

Profissionais do órgão decidiram vistoriar o local com apoio da Polícia Militar e da Guarda Civil Municipal. Durante a verificação, a equipe constatou que o animal havia sido retirado de um matagal na proximidade. Os agentes pediram pelos documentos necessários para o funcionamento do comércio, mas constataram que o bar não possuía alvará. O espaço precisou ser interditado.

“Estamos sempre atentos às irregularidades nos estabelecimentos da cidade, independentemente dos motivos ou da forma como estas chegam para nós. Situações como a que vimos hoje fazem parte de nosso trabalho e devemos manter a vigilância constante para que locais como este bar operem dentro da regularidade ou deixem de funcionar”, ressaltou o diretor de fiscalização, Edson Tavares. .

A Prefeitura informou que o homem que ingeriu o animal silvestre e a dona do estabelecimento serão encaminhados às autoridades por crime ambiental. “Estamos tentando identificar a pessoa que estava incentivando ele a comer essa cobra, como consta o vídeo. Até mesmo porque é uma cobra peçonhenta, da fauna silvestre. Estamos preparando um processo para encaminhar para o Ministério Público, para que sejam apurados os fatos”, completou.

O secretário municipal do Meio Ambiente, André Chiang, também lamentou a ocorrência, apontando a gravidade de um crime ambiental como o registrado. “Esta é uma situação grave e inconsequente por parte do munícipe, não apenas em relação aos maus tratos e a morte de um animal, como também pelas possíveis consequências à sua saúde ao ingerir um animal desconhecido”.

“Trabalhamos diariamente para evitar situações como essa através da conscientização e dos cuidados com nossa fauna local e esperamos que sejam tomadas as medidas cabíveis”, afirmou.

Para realizar denúncias sobre funcionamento inadequado de comércios basta ligar para o Departamento de Fiscalização de Posturas no telefone (11) 4745-2046.

COMPARTILHE

VEJA TAMBÉM

COMENTÁRIOS

0 Comentário

Nenhum Comentário.

MAIS NOTÍCIAS