Veja os alimentos que ajudam no bom funcionamento do fígado

Veja os alimentos que ajudam no bom funcionamento do fígado

Através da nutrição é possível ajudar o trabalho do seu fígado e a manutenção de sua saúde

O fígado é um órgão muito importante na manutenção da sua saúde e indispensável em diversos processos do corpo humano, como processar os alimentos, produzir vitaminas, armazenar glicose, decompor e filtrar toxinas, secretar a bile, produzir proteínas importantes como a albumina, além de metabolizar medicamentos. Dada a sua importância, é crucial estarmos atentos a cuidar e zelar pelo seu bom funcionamento.

A influencer e mestre em nutrição Bella Falconi ressalta que através da nutrição é possível ajudar o trabalho do seu fígado e a manutenção de sua saúde: “Você pode ajudar o seu fígado a se manter sempre saudável através da alimentação. Além de evitar o consumo de álcool, uma série de cuidados nutricionais fazem a diferença quando se trata de manter o seu fígado saudável”.

Consuma mais folhas verdes

Substâncias encontradas nas folhas verdes, conhecidas como antioxidantes, tem o potencial de ajudar o organismo a reduzir a quantidade de radicais livres, o que é importante, porque além de serem instáveis e altamente reativos, quando em excesso os radicais livres podem ser perigosos, ao se ligarem a outras substâncias que são tóxicas para o nosso corpo. Verduras como espinafre e couve são ricas em antioxidantes e fibras, e por isso contribuem para que o seu fígado trabalhe melhor.

Aveia e cereais integrais

Fibras ajudam a proteger o fígado de inflamações. Alimentos como a aveia são ricos em fibras e contribuem muito para a saúde do fígado, mas não apenas isto: as fibras ajudam na manutenção e controle dos níveis de glicose no sangue. Além da aveia, grãos integrais em geral contém fibras, e o seu consumo colabora para o bom funcionamento do aparelho digestivo.

Maçãs, bananas, laranjas, morangos e uvas passas

Estas frutas são ricas em fibras e podem ajudar pessoas com doença hepática, em especial as que tem problemas de acúmulo de gordura no fígado. No caso da maça, na hora de consumir, coma com a casca, que é onde ficam acumuladas a maior parte das fibras alimentares da fruta.

Carnes magras

As chamadas carnes magras, como o frango (sem a pele), podem ser uma alternativa a se considerar para obter a proteína que seu corpo precisa para reparar tecidos, músculos e garantir o bom funcionamento de seus órgãos, inclusive o fígado. Cada 100g de peito de frango contém em média 23g de proteína. A maioria dos peixes também são boas alternativas para obtenção de proteína animal.

Nozes e castanhas

Ricas em ômega-3, antioxidantes e fibras, castanhas e nozes são uma boa opção para ajudar o seu fígado a trabalhar bem. As quantidades de ingestão no entanto precisam ser calculadas, pois embora muito benéficas à saude, elas são igualmente calóricas. O consumo em grande quantidade irá aumentar a ingestão diária de calorias e você pode acabar engordando. Por isso, aprecie com moderação

Feijão

Muito presente no dia a dia e na alimentação da família brasileira, o feijão é uma boa fonte de proteína vegetal. Além conter muita fibra, o feijão não é rico em gorduras como outras fontes de proteína animal. No entanto, a ingestão deste vegetal pode aumentar também a sua produção de gases. Por isso é preciso avaliar as quantidades.

Óleos e gorduras saudáveis

Consumir alimentos ricos em gorduras saturadas e trans prejudica o seu fígado. No lugar de preparar seus alimentos com fontes de gordura ruim, opte pelo azeite de oliva extra-virgem, fonte de gorduras boas e muito mais saudável. Mas, por conter mais calorias, observe as quantidades.

Beba água

Não beber a quantidade adequada de água pode prejudicar não apenas o seu fígado, mas também os seus rins e todo o corpo. Para o pleno funcionamento do organismo, é necessário estarmos sempre hidratados. As funções hepáticas de liberação de toxinas e afins dependem também de bebermos a quantidade adequada de água. Após a quebra e liberação destas toxinas pelo fígado, os rins precisam trabalhar, filtrando o sangue. No entanto, sem a quantidade adequada de água, este processo fica comprometido, acumulando toxinas no organismo.

Tags:
Fazer um comentário
Comentário
Nome
E-mail